Ir para o futuro

Solar Grandjean de Montigny | Curadoria Luciana Solano | 2017

Cidade das Artes | Curadoria Alexandre Murucci | 2017/18

 

voltar ao princípio

 

Caminho da Palavra

Instalação site specific

168 objetos de argila com a forma dos pés da artista, pendurados por fio de nylon formando uma espiral ascendente aberta que vai do piso ao teto. São objetos resultantes do contato íntimo da argila com o pé da artista. Ana os nomeia “Pés do mundo”.

O aspecto formal mostra a estrutura material do pé, e a parte oca revela a memória da presença da artista. Encontrar o ponto de amarração de cada escultura é encontrar o ponto de equilíbrio que norteia o comportamento gravitacional, dá limite ao movimento e indica a direção para onde os pés apontam.

A instalação cruza o Tempo Humano Chronos e a verticalidade do Não-Tempo Kairos. Ao representar uma massa de pés, o trabalho discute a potência do coletivo como força política.




Word Path

Installation site specific

168 clay objects in the shape of the artist's feet, hung by nylon thread forming an open ascending spiral that goes from floor to ceiling. They are objects resulting from the intimate contact of the clay with the artist's foot. Ana names them "Feet of the world".

The formal aspect shows the material structure of the foot, and the hollow part reveals the memory of the artist's presence. Finding the mooring point of each sculpture is to find the point of balance that guides the gravitational behavior, gives limits to the movement and indicates the direction where the feet point to.

The installation crosses the Chronos Human Time and the uprightness of the Kairos Non-Time. In representing a mass of feet, the work discusses the potency of the collective as a political force.